Porque é a RailPro diferente?

RRVs têm uma longa história, mas até agora, os mecanismos de transmissão utilizados eram pesados, de energia ineficaz e incômodos.

Como funciona o DSDS ™ ™”(“direct shaft drive system” sistema de movimentação directa do eixo).?

RailPro patenteou um sistema único, onde a potência do motor é transmitida através da caixa de velocidades como por utilização normal em estrada. Uma caixa de transferência está localizada entre a caixa de velocidades e o diferencial do caminhão. Isto é usado para direcionar a energia através de um eixo de transmissão convencional para o eixo traseiro do carril.

Prémios de Excelência em Design!!!! O sistema do RailPro DSDS™ foi reconhecido com um prêmio de excelência do SABS Design Excellence Award em 2009.

Principais Vantagens do Projecto

Um grande caminhão "rígido" que circula em estrada , com rodas de carril retrátil, pode circular em carris, da mesma maneira como circula na estrada

Movimentação direta através da caixa de engrenagem do caminhão para as rodas traseiras ferroviárias

Uso ativo da suspensão existente do caminhão; Suspensão dianteira fornecida pelo eixo RUBAX enquanto no carril

Velocidade é dramaticamente aumentada

O sistema de travagem do caminhão é usado para desacelerar o veículo

Leve - a massa do equipamento ferroviário é aproximadamente 65% mais leve do que os produtos existentes

Distância do solo é quase o dobro da dos concorrentes

Mecanismo do carril é totalmente "destacável" e "retrátil" em minutos

Sistema de eixo de accionamento simples e eficiente - accionamento directo por meio da caixa de engrenagem do caminhão para as rodas do carril traseiras

Uso activo da suspensão existente do caminhão enquanto no carril

O sistema de travagem do caminhão é usado para desacelerar o veículo

Excelente vao de passagem e Ângulos de partida

Sistema de parafuso, exigindo modificação mínima do chassi

Eixos sólidos traseiros e dianteiros

Pode-se adaptar a uma ampla gama de bitolas de carril

Modificação mínima necessária para chassi normal

Em geral o comprimento do veículo com a engrenagem de carril levantada é praticamente inalterada do normal

Características da plataforma elevatória de trabalho

Mecanismo de controlo de estabilidade electro-mecânica (ou seja, não requer nenhum PLC)

Capaz de funcionar como "colhedor de cerejas" e grua

Total controlo proporcional de controlos da cesta ou plataforma

Confiável, exigindo baixa manutenção

Capacidade de deslocamento lateral incorporando o contrapeso na base

Capacidade de rotação + /-180 graus

Capaz de carregar ferramenta & pessoal ao nível do solo

Incorpora o uso de guindastes enquanto permanece em modo de grua

Conjunto abrangente de intertravamentos de segurança

Totalmente complacente com ISO 16368-2010

Conformidade Técnica África do Sul

A variante RRV (Perway) está em conformidade com as seguintes especificações:

Especificação BBC0944 de infra-estrutura da Transnet Freight Rail Versão 2: Perway Veículo de Manutenção equipes móveis Rodoviária/Ferroviária

Especificação BBC7589 de Infra-estrutura Transnet Freight Rail : Requisitos para a protecção térrea de veículos Rodoviário -ferroviário

variante do RRV (OHTE) está em conformidade com as seguintes especificações:

Epecificação BBC8274 de infra-estrutura da Transnet Freight Rail versão 3: Veículo Rodo-Ferroviário para a manutenção do Equipamento de manutenção acima do nível terreo

Especificação BBC7589 de infra-estrutura da Transnet Freight Rail: Requisitos para a protecção terrea de veículos rodo-ferroviários

Padrão Internacional ISO 16368:2003(E) Plataformas de Trabalho Móveis elevatórias – cálculos de projecto, requisitos de segurança e métodos de exame