RP9

Veja o pulverizador do RailPro em ação…

Veja o “Perway” do RailPro’s em ação…

Quem somos?

Um veículo Rodo Ferroviario ("RRV") é um veículo que tanto pode operar em vias férreas como em estradas convencionais. São veículos utilizados pelos operadores da rede para manter sua infra-estrutura de transporte ferroviário.

O grupo RailPro é composto por engenheiros experientes, portadores da licença exclusiva na África do Sul da tecnologia avançada“DSDS™”(“directshaft drive system” sistema de movimentação directa do eixo). Railpro tem oficinas completamente equipadas, e constroem o pacote de conversão “DSDS” em veículos rodoviários para permitir que circulem em linha férrea.

O “DSDS™” do RailPro permite especificações de desempenho "sobre linha férrea" e capacidades semelhantes às especificações de estrada "on-road".

A empresa está baseada em Johannesburg, África do Sul.

Porque são os RRVs usados?

RRVs são amplamente utilizados para as seguintes atividades relacionadas com ferrovias:

Manutenção da linha férrea "Permanent way" (via Permanente);

Manutenção do carril – Agrimensura e inspeção da linha férrea;
Entrega de materiais e pessoal (carril, travessas de linha férrea, balastro, rede de vedação, fios, etc) do estaleiro até à linha férrea, sem que haja transferências de carga;
Entrega da Grua no local;

Recuperação e entrega de equipes de soldadura

Entrega de substituições da linha férrea;

Manter o equipamento de manutenção acima do nível terreo ("OHTE");

Proximidade do trabalho à via-férrea – vedação etc;

Pulverização de Pesticidas;

Remoção de obstáculo; sucução de folhas e limpeza com escovas de arame, arar da neve etc.

Inspeção de dreno & desobstrução

Digitalização ultra-sônica do carril

Arar da neve e terceiros sensores do carril

Beneficios do RRV

Mobilidade: Veículo rodoviário independente

“Rail-rolling stock”: Reduz a dependência nas locomotivas ferroviárias.

Controlo de Tempo na linha ferrea: Maior flexibilidade no controlo do tempo;

Logística reduzida: Veículo auto-suficiente, não sendo necessário ser transportado para o local

Aumento na eficiência: Entrega de pessoal e materiais desde o estaleiro à linha férrea, sem que haja transferências de carga

Melhorias de custo: evita entregas dispendiosas

Aumento de produtividade: capaz de transportar várias equipes de manutenção, equipados totalmente com ferramentas necessárias. Não há necessidade de empurrar a vagoneta na parte ascendente da linha

Melhoria na segurança e saúde: todos os equipamentos podem ser armazenados no veículo, reduzindo levantamento manual

Segurança: Livre de vandalismo e problemas de estacionamento, a máquina é levada para o local de trabalho em um processo contínuo, não abandonada.

Depoimentos